As tendências para atrair e reter profissionais em 2021

Apesar de importante, o salário deixou de ser o principal ponto avaliado por profissionais na escolha de um novo emprego. Isso é o que mostra uma pesquisa feita pela Relevo, startup de recrutamento e seleção.

O levantamento perguntou a 378 profissionais quais são os pontos fundamentais para considerar uma empresa ideal para se trabalhar. As pessoas que responderam à pesquisa puderam escolher até dois pontos.

O fator mais importante para 69% dos entrevistados foi horário flexível e home office, enquanto compromisso com diversidade e sustentabilidade e salário acima da média foram fundamentais para 36% dos respondentes.

Para atender a essas novas exigências dos profissionais, cada vez mais empresas têm desenvolvido ou aderido a práticas de gestão de pessoas que atendam às expectativas de futuros profissionais.

Renato Navas, head de people science da Pulses, startup que tem soluções de clima organizacional e engajamento, destaca que é importante fazer um benchmarking do mercado para entender o que os profissionais estão buscando, mas mantendo em mente que a cultura de ter um escritório cool, com escorregadores, piscina de bolinhas e mesa de sinuca, não necessariamente reflete o que é necessário para a sua empresa:

“Se sua organização é composta por uma maioria de pessoas introvertidas, não faz sentido ter um escritório sem paredes ou diversas ações de happy hour, por exemplo, porque isso vai ser um verdadeiro pesadelo para os colaboradores. É preciso entender que diferentes pessoas têm diferentes necessidades”.

Ofereça uma experiência positiva desde a contratação

Durante o período de trabalho remoto, a burocracia para o processo de contratação pode ficar ainda mais complicada, já que o distanciamento social ainda é necessário para conter a disseminação do coronavírus.

Uma forma de deixar esse processo mais seguro, prático e ágil é adotar um sistema de assinaturas digitais para contratos e documentos.

Uma das ferramentas que pode ajudar a coletar, enviar e armazenar assinaturas é o BRy Cloud, da BRy Tecnologia.

Além de permitir que as assinaturas sejam feitas a qualquer hora e de qualquer lugar, a solução pode ser usada para documentos que precisam ser assinados por várias partes, como contratos de trabalho, independente de onde os assinantes estiverem.

As áreas de gestão de pessoas das empresas que precisam assinar um grande volume de documentos e contratos internos, podem usar o certificado corporativo avançado, uma espécie de identidade da pessoa ou empresa, que tem validade desde que haja um acordo entre as partes.

Para o CEO da empresa, Carlos Roberto De Rolt, oferecer a assinatura digital “agiliza o processo e encurta as distâncias, sendo um diferencial importante para empresas que querem oferecer um início simples e amigável a seus colaboradores”. 

Ajude na produtividade dos colaboradores

O trabalho remoto tem aumentado o estresse e a ansiedade por conta dificuldade de separar o horário de trabalho do tempo livre quando as duas atividades são feitas em casa.

De acordo com um levantamento feito pela Oracle e a Workplace Intelligence com 12 mil funcionários, as pessoas nunca estiveram tão estressadas e ansiosas.

Por isso, apoiar na produtividade dos colaboradores é um diferencial em tempos de home office, além de ser benéfico para os resultados da empresa.

Ferramentas como o Befective, que facilitam a gestão do tempo e das atividades, são uma forma de oferecer esse apoio à distância.

A empresa ajuda empresas e colaboradores a gerenciar e analisar o tempo de trabalho de forma inteligente, aumentando a produtividade.

Além disso, a solução acompanha as atividades on-line e off-line desenvolvidas pelos colaboradores de forma automatizada e gera relatórios personalizados sobre o tempo dedicado a cada atividade.

Com isso, o colaborador consegue organizar suas rotinas de acordo com o tempo que usa para cada tarefa e o gestor tem uma visão clara das ações desempenhadas.

“Ter uma solução que permite que colaboradores e gestores acompanhem o tempo usado em cada tarefa dá visibilidade ao trabalho e ajuda as duas pontas a se sentirem mais tranquilas, identificando possíveis gargalos e garantindo que o tempo no trabalho será suficiente para atender às demandas”, explica Marciano Verdi, CEO da empresa. 

Se preocupe com o bem estar das pessoas 

Promover um ambiente de trabalho saudável e diverso também é um diferencial importante para a retenção de talentos nas empresas.

Ter uma cultura organizacional pautada pela transparência, ética e diversidade é fundamental neste sentido.

Reconhecida pelo ranking do Great Place to Work por cinco anos consecutivos, a Involves, empresa que desenvolve soluções para gestão de trade marketing, tem foco no cuidado com o time desde o seu início, em 2009.

Para garantir que as pessoas se sintam seguras e confortáveis no ambiente de trabalho, a empresa criou o Projeto Jornada do Bem-Estar.

A gerente de pessoas da empresa, Thuany Schutz, explica que o projeto oferece diversas ações para promover qualidade de vida para a equipe:

“Entre as ações da empresa estão a parceria com uma clínica que oferece atendimentos  psicológicos e outras terapias, como acupuntura e terapia holística. Colaboradores  da Involves e seus familiares são beneficiados e as consultas têm valores reduzidos. Além disso, durante o período de trabalho remoto, a empresa adaptou diversas atividades oferecidas na empresa, como pilates, ginástica laboral, yoga e meditação, para versões online”.

Não descarte o bem-estar financeiro dos colaboradores

Um problema que até pouco tempo atrás encontrávamos resistência dentro das empresas em admiti-lo é o estresse financeiro.

De acordo com uma pesquisa internacional, uma pessoa nessa condição performa menos, propaga um clima pior entre o time e troca de emprego com mais frequência.

Por isso, a startup Leve surgiu com o objetivo de levar bem-estar financeiro para colaboradores e já vem atuando há quase dois anos à frente dessa questão.

Mirando em empresas com alta competição por mão de obra, a startup funciona como um benefício.

Por meio de um aplicativo, os colaboradores têm acesso a consultorias com especialistas e a uma rede curada de soluções e produtos financeiros, como adiantamento de salário e empréstimos em condições mais acessíveis das encontradas no mercado. 

Com a pandemia, muitos empregadores começaram a perceber a importância de lidar com o problema financeiro de suas equipes.

Em nove meses, a fintech aumentou sua base de clientes em quase 10 vezes, saindo de nove empresas atendidas em janeiro para 85 em setembro do ano passado.

Um estudo da Fundação Getúlio Vargas explica o porquê da nova mentalidade, os efeitos do home office na saúde do trabalhador estão indo além da fadiga e das dores no corpo.

Quase metade dos respondentes (45,63%) apresentou baixo nível de bem-estar e saúde mental. As principais queixas são de preocupação com questões financeiras.

De acordo com Gustavo Raposo, CEO e fundador da startup, é perceptível que os novos profissionais estão cada vez mais seletivos sobre as empresas em que se candidatam:

“Não adianta você oferecer para seus funcionários soluções financeiras focadas exclusivamente em crédito. Atualmente, as pessoas procuram benefícios que mudem efetivamente sua realidade. Nosso objetivo é elevar a barra de gestão dos Recursos Humanos e mudar diretamente a situação financeira que encontramos, hoje, dentro das equipes”.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais