Global Founders Capital e investidores-anjo aportam US$ 1 milhão em fintech de Florianópolis

O catarinense Gustavo Raposo tirou da gaveta o projeto de fundar uma startup de crédito consignado, a Leve Capital, após reconhecidos investidores do mercado assinarem um cheque de US$ 1 milhão

A startup recebeu aportes do Global Founders Capital (GFC), fundo global de investimento em venture capital e que tem em seu portfólio investimentos no Linkedin, Facebook, Trivago, e nas brasileiras Dafit, Kovi e Zen Finance.

Além disso, o valor compõe parte de investidores-anjo, como Patrick Sigrist e Guilherme Bonifácio (fundadores do iFood), e Rodrigo Dias (CEO e fundador da Butiá Investimentos).

O fato é que a reputação e o histórico dos investidores da startup de crédito consignado, com taxas a partir de 1,29% ao mês, ajuda a garantir ao mercado o produto inovador e competitivo da empresa.

“O que buscamos é mais do que a tecnologia e a desburocratização. Estamos dando acesso a mecanismos eficazes de educação financeira. Nós oferecemos ferramentas para as pessoas criarem um futuro sustentável por elas mesmas”, explica o empreendedor.

Além do crédito consignado com contratação online e dinheiro na conta em até 24 horas, a startup oferece também adiantamento de salário e poupança retida direto na fonte.

Atualmente, já conta com 20 clientes, entre empresas de serviço e desenvolvedores de software, sendo que alguns deles têm mais mil de funcionários. 

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais