Índices apontam para uma retomada econômica célebre em Santa Catarina

É inegável que a crise gerada pela pandemia do coronavírus teve um enorme impacto em diversos setores.

Com uma maior incidência desde abril, quando os primeiros casos foram registrados no Brasil,o estado imediatamente tomou medidas que pudessem minimizar as consequências desse momento.

Desde então, índices apontam para uma retomada gradual e célebre das atividades econômicas em relação a outros estados no Brasil.

Abaixo, reunimos alguns conteúdos publicados pelo portal que mostram esses indicadores, confira:

Santa Catarina mantém a menor taxa de desocupação e também obteve o menor percentual de pessoas ocupadas na informalidade do país. Os dados de julho, divulgados nesta quinta-feira, dia 20, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram que o estado continua com índices acima da média nacional. O conteúdo completo pode ser conferido pelo link clicando aqui.


Dados da Pesquisa Mensal do Comércio, divulgados no dia 12 de agosto, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram que Santa Catarina lidera o crescimento do comércio na região Sul. O resultado positivo do ano foi influenciado pelo aumento das vendas dos hipermercados e supermercados (12,3%), artigos farmacêuticos (5,2%) e de móveis e eletrodomésticos (2,2%). O conteúdo completo pode ser conferido pelo link clicando aqui.


Em junho, a produção industrial do estado teve crescimento de 9,1% em junho se comparado a maio. Foi o quinto maior resultado obtido no Brasil, segundo pesquisa do IBGE. O conteúdo completo pode ser conferido pelo link clicando aqui.


As vendas do setor supermercadista catarinense mantiveram resultado positivo de janeiro a junho. No acumulado do primeiro semestre o crescimento foi de 3,73% comparado ao mesmo período do ano passado. Os índices, já deflacionados, foram apurados na pesquisa mensal do Termômetro de Vendas, feita pela Associação Catarinense de Supermercados (Acats). O conteúdo completo pode ser conferido pelo link clicando aqui.


O Índice de Confiança do Empresário (ICEI) de Santa Catarina registrou 51,1 pontos em julho. É a primeira vez, desde março, que os números indicam otimismo dos industriais. No levantamento, valores acima de 50 indicam perspectiva otimista, enquanto abaixo desse índice sinalizam pessimismo. O conteúdo completo pode ser conferido pelo link clicando aqui.


Como seria o mundo se o coronavírus tivesse surgido nos anos 2000? Sem as tecnologias que temos hoje, como a pandemia seria enfrentada? Alguns protagonistas para minimizar este cenário são as startups, que puderam garantir serviços para a população de forma rápida e sem burocracia. O conteúdo completo pode ser conferido pelo link clicando aqui.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais