Empreendedoras encontram alternativas para continuarem os negócios

O Multi Open Shopping, único shopping a céu aberto do Sul de Florianópolis, é um incentivador da movimentação da economia local, principalmente neste momento, com a pandemia gerada pelo coronavírus.

A retomada das atividades operacionais sempre foi pautada nas medidas divulgadas pelo Governo do Estado e prefeitura da cidade.

Com isso, a reabertura do empreendimento e das lojas acontece de maneira gradual e respeitando as exigências, seja pela medição da temperatura, como pela disponibilização de álcool em gel para a limpeza das mãos e a cobrança do uso obrigatório de máscaras.

“Acreditamos que é preciso compreender o real momento, seguir e se reinventar. Isso, é claro, respeitando as normas de segurança e levando como base as boas ações. Agindo assim, podemos avançar em busca de um novo horizonte”, destaca a superintendente, Sabrine Quarezemin.

Os negócios atuais precisaram buscar novas soluções e se readaptar diante desse cenário.

A Terra Maya Cosmética Natural, que havia mudado recentemente para uma loja maior no open shopping é uma delas.

A proprietária, Débora Dornelles, conta que quando tudo começou e o espaço precisou ser fechado, devido ao decreto, ela ficou sensibilizada num primeiro momento:

“Havia reinaugurado a loja não fazia nem 15 dias e estava me preparando para comemorar o nosso primeiro ano no MULTI. Precisei de um tempo para entender e compreender a situação atual”.

A empresária disse ainda que nesse processo de compreensão passou por várias etapas:

“Confesso que pensei em vender a loja, procurar um sócio, e até mesmo desistir desse sonho. Nesse caminho conversei com amigos, economistas, fiz cursos virtuais e pude compreender o cenário, não só local, como mundial, e decide seguir”.

E no processo de readequação ela encontrou algumas alternativas e contou com o apoio da família e das funcionárias.

“Tivemos que readequar a nossa comunicação, nossas redes sociais, e sempre tivemos um contato por whatsapp com clientes, no entanto, o envio de mercadorias não era uma demanda tão grande”, destaca.

Débora salienta que a prioridade para o segundo semestre era a criação de um site e uma marca de cosméticos naturais própria. O que foi suspenso no momento, mas não deixado de lado:

“Investimos nos clientes que continuaram mantendo contato e comecei a fazer kits com produtos básicos para vender e publiquei nas redes sociais. E o resultado foi tão bom, que consegui vender todo o primeiro lote em um dia e isso serviu como uma alavanca para continuar”.

Outra operação, a MIDI Concept, aberta no mesmo ano da inauguração do Multi Open Shopping, também procurou alternativas para se readequar.

A sócia proprietária Letícia Vargas conta que foram intensificadas as vendas pelo site e redes sociais. Além disso, as negociações com fornecedores foram importantes também:

“Aos poucos tudo está mudando, algumas pessoas seguem divididas ainda, mas seguimos nosso propósito”.

Esses são dois exemplos das operações que atuam no empreendimento, que completou dois anos em março desse ano, e que estão prestando atendimento em horários flexibilizados, seguindo todas as medidas necessárias para evitar a propagação do coronavírus.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. EntendiSaiba mais