Exclusivo: startup que aposta em passion economy recebe investimento de R$ 60 milhões em Rodada Série A

A Hubla, startup que fornece infraestrutura para que criadores de conteúdo possam criar e gerenciar comunidades em grupos de aplicativos de mensagem, acaba de anunciar um aporte de mais de R$60 milhões em Rodada Série A.

O investimento, feito pelo grupo argentino Kaszek, FJ Labs, Big Bets e Kevin Efrusy, um dos primeiros investidores do Facebook, será revertido em produtos que irão permitir que criadores de conteúdo gerenciem negócios rentáveis de uma maneira fácil e lucrativa.

Este foi o segundo investimento recebido pela startup. Na primeira captação, que levantou US$2,1 milhões no ano passado.

“A adoção da tecnologia por parte dos consumidores criou várias oportunidades que estão redefinindo a maneira como as pessoas trabalham. Agora, existem inúmeras possibilidades e um mercado enorme para criar um negócio online e monetizar seu hobby, talento ou expertise. Por exemplo, uma personal trainer não precisa mais vender suas aulas linearmente na academia. Agora ela pode criar uma comunidade para ajudar pessoas a terem uma vida saudável e faturar muito mais, com menos trabalho”, explica Arthur Alvarenga, CEO da Hubla. 

COMO FUNCIONA

A Hubla acredita que a melhor maneira de criar um negócio online em 2022 é por meio de comunidades pagas, ou seja, o criador de conteúdo cria um ambiente exclusivo onde somente seus fãs pagam para participar desse hub.

Apostando nisso, a startup oferece toda infraestrutura que faz isso possível: sistema de pagamentos, dashboard de dados financeiros, integrações com aplicativos de chat e até ferramentas para ajudar criadores a vender suas comunidades como páginas de vendas, etc.

Com mais de 1 mil comunidades ativas, que somam mais de 60 mil assinantes mensais em todo o país e até em Portugal, a Hubla é eclética e atende criadores de conteúdo dos mais diversos segmentos.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais