Startup de Blumenau expõe produtos no Museu Leonardo Da Vinci, na Itália

Só o fato de ajudar na retirada de materiais poluentes do meio ambiente já é uma atitude louvável. Agora, criar objetos com plásticos recicláveis e ainda ser finalista em uma premiação internacional era algo inimaginável para a Replastique, de Blumenau.

Incubada na modalidade virtual do Instituto Gene, a empresa ainda terá seu produto exposto no Museu Nacional de Ciência e Tecnologia Leonardo da Vinci, em Milão, na Itália, e vai concorrer a final na categoria Urban And Public Furniture Design.

A peça produzida é a Luminária Voluta, desenvolvida pelo designer Daniel Rateke, CEO da startup, nas cores azul, vermelho, verde e amarelo.

Ele conta que para cada luminária são usados 2 quilos de plástico PEAD (polietileno de alta densidade), que possui o maior índice para reciclagem.

Ele recolhe o material em parceria junto a cooperativas de reciclagem e catadores da cidade e região. Toda a produção é feita junto à Greenplace Park, um empreendimento social da cidade.

“Esta é a primeira vez que participamos de um concurso e estar entre os finalistas, entre peças do mundo todo é um orgulho. E nossa ideia era desenvolver um produto com plástico reciclável que agregasse valor”, destaca.

Esta é a terceira edição do Prêmio RO Plastic Prize 2021, organizado pela galerista Rossana Orlandi. Todos os projetos finalistas são exibidos na RoGUILTLESSPLASTIC, durante a Milan Design Week, que ocorre de 5 a 12 de setembro.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais