Especialista dá cinco dicas para quem quer começar a investir

Quando falamos em investimento, muitos acabam pensando que essa ação cabe apenas a pessoas que têm uma situação financeira totalmente estável ou estão com dinheiro sobrando. Porém, essa ideia não poderia estar mais errada, afinal, investir é para todos.

Basta encontrar a melhor modalidade para o seu orçamento e fazer um pequeno planejamento financeiro com as contas do mês para poupar e investir.

A coordenadora da área de Investimentos da Ailos, Nayara Reichert, separou cinco dicas para quem quer começar a investir e apontou quais os benefícios que esse hábito pode trazer no curto, médio ou longo prazo. Confira:

Tire da cabeça que investir não é pra você

No mercado financeiro, vamos encontrar os mais diversos tipos de investimentos, que atendem a diferentes perfis. Qualquer pessoa pode investir, independentemente da sua renda, classe ou perfil de investidor. Existem modalidades com aportes a partir de qualquer valor e vale ressaltar: investir não é algo complicado. Pelo contrário, deve se tornar um hábito comum para a realização de objetivos. O conhecimento é a chave para não ter medo e aprender o essencial para começar agora.

Escolha a modalidade que mais combina com o seu perfil

Na hora de escolher onde investir, a dica é: pesquise! Invista na modalidade que está mais ligada ao seu perfil e objetivos a curto, médio e longo prazo. Geralmente, no mercado de investimentos, se fala em três pilares que devem ser considerados neste momento. São eles:

  • Pilar do risco: é a incerteza em relação ao retorno de um investimento. Na hora de investir o dinheiro que sobrou, saber os riscos que estamos assumindo é importantíssimo para escolher o melhor produto.
  • Pilar da rentabilidade: é o retorno ou quanto estamos ganhando por abrir mão de utilizar o recurso que temos por determinado período.
  • Pilar da liquidez: é a disponibilidade do dinheiro quando precisarmos dele.

Esses três pilares precisam ser levados em consideração na hora de escolher a melhor opção para investir. É importante também ter equilíbrio nesse planejamento.

Além disso, quando realizamos um investimento, devemos ter total segurança sob a instituição que ficará responsável pelo nosso dinheiro. Para evitar cair em golpes, vale observar como está a saúde financeira da instituição, se ela é autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil ou Comissão de Valores Mobiliários (CVM), seus números, sua imagem no mercado, entre outros fatores.

Defina um valor fixo a ser investido mensalmente

A educação financeira é fundamental para o planejamento e controle do orçamento doméstico. É importante definir um valor mensal a ser investido e o considerar como despesa fixa.

Desta forma, ele fará parte das suas contas mensais, como um compromisso assumido. Quando o orçamento apertar, ainda assim, se possível, mantenha esse compromisso, pensando que ele gerará um resultado futuro.

Além disso, não espere o dinheiro “sobrar” para investir. Defina um valor mensal e, assim que começar a pagar suas contas, já separe a quantia e invista. Assim, você não corre o risco de esquecer ou acabar gastando esse valor.

Saiba que o retorno é relativo à modalidade escolhida

No mercado, encontramos diversos tipos de investimentos que proporcionam rentabilidade já a partir do primeiro dia, assim como os que darão retorno apenas no final do prazo combinado. Por isso, é essencial ter bastante atenção e escolher a modalidade que será melhor para os seus objetivos.

Por exemplo: caso você escolha investir em uma modalidade com liquidez diária do capital e da rentabilidade, isso significa que, mesmo que você retire seu investimento antes do vencimento do prazo, não vai perder o rendimento dos dias em que ele ficou investido.

Mas, em se tratando de outros tipos de modalidade, talvez você só consiga receber o capital aplicado e o retorno dele mantendo o investimento até o final. Por isso, analise bem sua escolha com base no que é mais vantajoso para você.

Lembre-se: investir ajuda a realizar os seus sonhos

Todos temos necessidades e sonhos que gostaríamos de tirar do papel, porém, nem sempre possuímos o suficiente para realizar o que desejamos.

O equilíbrio entre o que recebemos e o que gastamos é a chave do sucesso para transformar os sonhos em realidade.

Os investimentos nos trazem motivação e também nos guiam para, enfim, realizarmos os objetivos traçados.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais