SC investirá R$ 5 milhões em novo projeto de incentivo ao plantio de cereais de inverno

A Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural pretende ampliar em 20 mil hectares a área plantada com cereais de inverno em Santa Catarina, reduzindo a dependência de milho e os custos de produção de carnes e leite.

O Projeto de Incentivo ao Plantio de Cereais de Inverno Destinados à Produção de Grãos contará com R$ 5 milhões em investimentos, que serão destinados para apoiar os produtores que apostarem no cultivo de trigo, triticale, centeio, aveia e cevada ainda nesta safra.

“Daremos um subsídio direto para o produtor de cereais de inverno, equivalente a metade do valor atual da semente. Queremos que os agricultores sejam estimulados a investir no cultivo de cereais de inverno para fabricação de ração em Santa Catarina, criando uma nova cultura de ocupar as lavouras também no inverno. E isso só vai acontecer com o envolvimento de toda cadeia produtiva. Estamos com boas expectativas para essa safra e acreditamos que podemos avançar ano a ano”, destaca o secretário da Agricultura, Altair Silva.

O projeto faz parte do Programa Terra Boa e tem a participação da Secretaria de Estado da Agricultura e de cooperativas, produtores rurais e agroindústrias.

Todo o setor produtivo está mobilizado para reduzir a dependência de milho e os custos de produção, além de trazer mais uma alternativa de renda para os agricultores, que poderão ocupar as lavouras também no inverno.

Com isso, a secretaria dará uma subvenção de R$ 250,00 por hectare efetivamente plantado com cereais de inverno, num limite de 10 hectares por produtor. A intenção é ampliar em 20 mil hectares a área cultivada em todo o estado já na safra 2020/2021.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. EntendiSaiba mais