Haco comemora 93 anos e anuncia R$ 15 milhões de investimentos em SC e no CE

A Haco, de Blumenau, está celebrando o seu 93º aniversário. A empresa familiar está sob o comando da sua  quarta geração. De 1928 pra cá, a evolução foi uma constante: no início, eram  produzidos apenas os cadarços e, atualmente, a empresa conta com 15 linhas  de produtos, que seguem as tendências mundiais da moda. 

Além dos tradicionais cadarços, no portfólio é possível encontrar itens como etiquetas tecidas e estampadas, tecidos Jacquard, transfers, bordados,  etiquetas decorativas, etiquetas de cós, lacres, metais, RFID (identificação por  radiofrequência), tags, sacolas e embalagens.  

Com três unidades produtivas no Brasil (Blumenau (SC), Massaranduba (SC) e Eusébio (CE) e uma em Portugal), a empresa produz anualmente 6 bilhões de  etiquetas tecidas e mais de 60 milhões de metros de cadarços. 

INVESTIMENTOS

Mesmo em um período atípico, a empresa investirá mais de R$ 15  milhões nas unidades de Santa Catarina e Ceará. Além de aumentar a gama  de produtos, o objetivo é ampliar a capacidade produtiva, tendo em vista o  crescimento das vendas nos últimos anos. 

O presidente da empresa, Alberto Conrad Lowndes, garante que o momento que o país passou durante a pandemia foi decisivo para  o aumento dos investimentos na empresa:

“Renovamos o maquinário e  aumentamos significativamente a nossa capacidade de produção. Na  contramão da crise, seguimos investindo nos nossos pilares de inovação,  serviço, moda e design”.

Inicialmente, os recursos serão destinados a expansão dos negócios para três segmentos: calçadista, esportivo e jeanswear.  

No mercado calçadista, serão adquiridas máquinas para atacadores. Já no  segmento esportivo, o investimento está focado na produção da linha de emborrachados. No jeanswear, a expectativa é aumentar a produtividade nas  etiquetas de cós.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. EntendiSaiba mais