Receita líquida da Tupy aumenta 41% e registra o melhor resultado de sua história

A Tupy, de Joinville, obteve no primeiro trimestre deste ano a maior receita líquida de sua história: R$ 1,5 bilhão, aumento de 41% em relação ao mesmo período do ano passado.

Um dos fatores fundamentais para o resultado foi o crescimento no volume físico de vendas, 15% maior em comparação com o ano anterior, atingindo 127 mil toneladas, com forte desempenho em todos os segmentos e geografias.

“Iniciamos o ano mantendo a tendência de recuperação apresentada desde o segundo semestre do ano passado. Este desempenho é decorrente da nossa exposição a setores perenes e que têm se beneficiado do aumento da demanda por infraestrutura, commodities, serviços de transporte e logística, bem como de diversos pacotes de estímulos governamentais”, destaca Fernando Cestari de Rizzo, CEO da Tupy.

O lucro bruto de R$ 240 milhões e o EBITDA Ajustado de R$ 199 milhões são os maiores valores da história da empresa para um primeiro trimestre.

O aumento dos custos com matérias primas e outros fatores foram mitigados por iniciativas de ganhos de eficiência, implementadas ao longo dos últimos trimestres.

Também no período, a Tupy emitiu título de dívida no mercado externo, no valor de US$ 375 milhões e vencimento em 2031.

Os recursos foram utilizados para pré-pagar dívida com vencimento em 2024, sendo que a operação trará redução de custos financeiros no valor de 6 milhões de dólares ao ano.

As despesas financeiras relacionadas ao resgate antecipado totalizaram R$ 58 milhões, reconhecidas no resultado do período.  

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. EntendiSaiba mais