A Disrupção Digital já faz parte da sua agenda?

Muito mais do que a digitalização de serviços, produtos e processos, a transformação digital representa uma mudança estrutural nas organizações.

Ela é o fundamento para a Quarta Revolução Industrial, que toma como apoio a abundância de dados disponíveis e a quantidade crescente de objetos conectados.

A Disrupção Digital é uma prática de mercado que procura gerar valor pela obsolescência do modelo industrial de negócios.

Se a ideia de fazer essa transição ainda parece revolucionária para você, saiba que a transformação digital já é considerada uma questão de sobrevivência para a maioria das organizações.

Empresas como Uber, Nubank, Netflix e Airbnb, além do próprio GAFA (Google, Amazon, Facebook e Apple), já trabalham com a ideia de Disrupção Digital.

Não faltam exemplos para ilustrar este movimento, essas empresas se destacam pelo pioneirismo disruptivo. E o que aconteceu com as outras companhias nos mercados acima citados?

Tiveram que se adaptar para sobreviver ou foram obrigadas a fechar as portas.

Por que a Disrupção Digital deve fazer parte da sua agenda?

Com a onda das startups disruptivas, além da expansão dos segmentos de negócios do GAFA, as organizações que ainda apresentam modelos lineares despertaram para a importância da digitalização. Isso acontece pelos seguintes motivos:

– Questão de sobrevivência.

– Foco no consumidor.

– Convergência entre o físico e o digital.

– Liderança de mercado.

 Otimização de recursos.

– Mindset data-driven.

Objetos conectados, assistentes virtuais inteligen­tes, tecnologia em sistema distribuído, computação na nuvem… São algumas das principais tendências para a era da disrupção.

Não é coisa do futuro, a Disrupção Digital já é uma realidade. Alguns mercados já foram completamen­te transformados pelas soluções digitais.

Mercados como: Automotivo, Financeiro, Seguros, Agronegócio, Saúde entre outros já possuem exemplos práticos sobre a transformação causada pela Disrupção Digital.

Eu considero muito importante que a Disrupção Digital faça parte da sua agenda, para sua organização tomar a dianteira do mercado, para man­ter a sua base de clientes e, acima de tudo, garantir a liderança do mercado.

A Disrupção Digital não é mais um diferencial, mas uma prática que orienta a estratégia de todas as organizações.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. EntendiSaiba mais