Empresa cria embalagem biodegradável para descarte correto de cápsulas de café

A Irani Papel e Embalagem, de Vargem Bonita, desenvolveu um papel biodegradável e 100% reciclável, além de ser resistente a vazamentos e a condições extremas de umidade e clima seco.

O material já vem sendo utilizado por empresas preocupadas com o destino e armazenamento dos seus produtos, como a Nespresso, que escolheu o papel como matéria-prima para as suas novas sacolas de reciclagem para descarte de cápsulas de café. 

A nova sacola da marca comporta até 100 cápsulas, tem dupla camada e oferece uma resistência superior nas mais diferentes condições climáticas, tanto em ambientes secos quanto em condições de umidade extrema, evitando vazamentos durante o uso e garantindo a integridade dos itens armazenados, mesmo em longos tempos de exposição.

“Ao longo de dois anos realizamos uma série de estudos e pesquisas para criar uma embalagem sustentável e que garantisse a integridade do produto armazenado em longos tempos de exposição e a condições diversas, de chuva à altas temperaturas. Diante da sua alta qualidade, o material ganhou versatilidade e interesse junto ao mercado, passando a ser usado nas mais diversas finalidades e auxiliando nossos clientes na melhoria de seus processos e produtos”, explica Robert David Friesen, gerente de pesquisa e desenvolvimento da empresa catarinense.

De acordo com a gerente de sustentabilidade da Nespresso no Brasil, Cecilia Soares, utilizar o papel da Irani como matéria-prima para as sacolas de reciclagem reforça ainda mais o compromisso da marca com a sustentabilidade e na adoção de atitudes sustentáveis:

“Na Nespresso, trabalhamos focados em melhorias que podem gerar impacto positivo na sociedade e no meio ambiente como um todo. Investimos e apoiamos constantemente em diversas ações voltadas à reciclagem, e é por isso que buscamos ir sempre além do que já entregamos. A adoção de atitudes sustentáveis nunca foi tão indispensável. Com isso, torna-se essencial o uso do papel reciclável nesta cadeia, além de estimular a prática sustentável junto ao público em diversas frentes”.

A nova sacola sustentável foi produzida pela Incopy Papéis, especializada em embalagens especiais, que adquiriu o papel produzido pela Irani e desenvolveu a nova solução de embalagem da Nespresso.

O interesse de empresas de diferentes segmentos por soluções como o novo papel desenvolvido pela Irani segue uma das principais tendências do segmento de embalagens.

A substituição do plástico pelo papel, cada vez mais presente na sociedade por seu menor tempo de decomposição no meio ambiente. Já que, o papel leva aproximadamente até seis meses para se decompor enquanto o plástico pode levar de 100 a 400 anos.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais