Empresa abre 30 oportunidades de estágio para o segmento de justiça

A Softplan, uma das maiores desenvolvedoras de softwares do Brasil, está com 30 vagas abertas para o League, programa do segmento de justiça da empresa que capacita universitários ou tecnólogos.

O projeto conta com seis meses de formação teórica e prática sobre as áreas de atuação do Sistema de Automação da Justiça (SAJ), produto que promove integração entre instituições do ecossistema de justiça, com soluções para Ministérios Públicos, Procuradorias, Tribunais de Justiça, escritórios de advocacia e departamentos jurídicos.

Depois desse período, os estagiários passam por uma temporada de acompanhamento da rotina de trabalho dos times de atendimento ao cliente.

Todos são remunerados durante o processo e têm chance de serem contratados no final do programa, mediante desempenho durante o programa e disponibilidade de vagas para efetivação. 

REQUISITOS

A oportunidade é para alunos de Sistemas de Informação, Análise de Sistemas, Administração, Direito ou outros cursos relacionados à tecnologia.

O candidato precisa estar cursando, pelo menos, o 4º período em horário noturno, já que os treinamentos são feitos das 9h às 16h e ter afinidade com tecnologia.

A maior parte das vagas é para atuação híbrida (a partir de julho, podendo postergar conforme a situação por conta da pandemia), com média de dois dias de trabalho por semana na sede da empresa, em Florianópolis, mas também existem oportunidades para o modelo “anywhere office”, 100% remoto.

Aos selecionados, a empresa oferece, além do salário mensal, benefícios como vale-alimentação ou refeição, vale-transporte, auxílio home office, bônus anual por resultados, programa de promoção à saúde e bem-estar e parcerias e descontos com diversos estabelecimentos.

Os candidatos podem se inscrever até o dia 15 de março clicando aqui.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais