Setor supermercadista se reinventa na pandemia

Por Francisco Crestani, presidente da Associação Catarinense de Supermercados (Acats).

Com cerca de um ano de convivência com os efeitos da pandemia, o setor supermercadista catarinense se reinventou para atender as expectativas diante dos desafios logísticos e operacionais surgidos diante desta situação de excepcionalidade.

Como setor essencial, o supermercado não deixou de atender e isso refletiu no índice de vendas, já que as famílias ficaram muito mais tempo em casa ao longo do último ano. Com alimentação fora do lar restritiva, cresceu o consumo de alimentos, bem como artigos de higiene e de limpeza.

No aspecto operacional, todas as empresas fizeram readaptações nas suas rotinas diante da necessidade de atendimento dos protocolos sanitários para a preservação da saúde dos consumidores e de todas as categorias profissionais que atuam na linha de frente das lojas, no contato direto com os clientes.

Foram pouquíssimos casos comprovados de transmissão do vírus em ambientes de lojas, o que evidencia o sucesso das medidas de prevenção que foram adotadas pelos supermercados de todos os portes e regiões em Santa Catarina.

Este resultado deve também ser creditado ao engajamento de todas as equipes de profissionais que atuam nas empresas supermercadistas catarinenses, que entenderam a gravidade do momento e assumiram comportamento exemplar em suas jornadas de trabalho nas lojas.

Outra mudança que se instalou de modo praticamente instantâneo foi a aceleração de todos os processos digitais das empresas e os supermercados não ficaram de fora, tanto que a ACATS apurou crescimento acima de 110% nas vendas não presenciais no período de pós-pandemia. Estes canais permanecem ativos, em crescimento, e estão coexistindo com as lojas físicas, formatos se complementam.

O papel da ACATS neste período foi estratégico, principalmente como interlocutora oficial do segmento perante autoridades estaduais e municipais, sempre pautando sua atuação em busca do entendimento e da preservação plena das atividades do setor, conforme a legislação federal.

Além disso, para ampliar o envolvimento da sociedade como um todo, a ACATS desenvolve a campanha de conscientização #SomosTodosIguaisNessaLuta, em que reforça a necessidade da colaboração de todos para que o combate à pandemia tenha efetividade, minimizando situações de novos contágios.

A estrutura da entidade também passou por uma transformação para preservar o atendimento aos associados, prioritariamente, e as demais atividades de calendário pelo canal remoto. Ações de qualificação e requalificação profissional, sempre realizadas no modo presencial, migraram para o digital, incluindo até eventos consagrados como a Exposuper, que teve em 2020 sua edição online pioneira no Brasil, reforçando o papel da Entidade como referência em inovação e pioneirismo entre as estaduais de todo o Brasil.

A estrutura diretiva da associação, diretoria executiva e conselhos diretor e fiscal, toda formada por supermercadistas que são membros voluntários, se desdobrou para assegurar a continuidade administrativa e operacional da ACATS, dentro do que as circunstâncias permitiram e ainda permitem, o que acontece com a equipe de profissionais que toca a entidade no seu dia-a-dia.

O segmento supermercadista catarinense mostrou maturidade e agilidade para se readaptar ao novo momento, em que a ACATS teve mais uma vez um papel fundamental como Entidade norteadora de ações e posicionamentos do setor. Aos 49 anos, forte e consolidada, com alto nível de reconhecimento público, a Entidade prepara a passagem de seu cinquentenário em 2022, torcendo para que os efeitos da pandemia tenham sido superados e que tudo possa voltar ao normal com todas as atividades em sua plenitude.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais