5 formas para que empresas desenvolvam uma cultura mais inclusiva e diversa

Funcionários, clientes e até investidores exigem cada vez mais das empresas com as quais interagem uma atuação pautada em valores que sejam modelos de equidade e inclusão. 

Para cumprir essa demanda, as empresas estão investindo de forma sem precedentes em programas de diversidade e inclusão (D&I): 76% dos respondentes de uma pesquisa da PwC Brasil, com mais de 3 mil participantes, dizem que o tema é um valor ou uma prioridade. 

Apesar desse comprometimento elevado, as organizações ainda precisam avançar no desenho e na execução de programas para cumprir esses objetivos, pois um terço dos entrevistados indicam que ainda veem a inclusão e a diversidade como uma barreira para o progresso em suas organizações. Além disso, apenas 5% das organizações estão tendo bons resultados nas principais dimensões de um programa que aborda o tema.

Uma explicação dessa dissonância entre aquilo que as empresas fazem e a percepção dos empregados é que as organizações não estão capacitando sua liderança nos temas de D&I. Considerando o modelo de maturidade da pesquisa, 79% do engajamento da liderança em D&I permanece nos níveis básico ou emergente. 

Além disso, a  pesquisa descobriu que apenas 26% das organizações têm metas de D&I para líderes e apenas 17% têm uma função de diversidade no nível executivo, enquanto quase 30% ainda não têm um líder de D&I.

Abaixo, o consultor e especialista em D&I na Nohs Somos, Hóttmar Loch, aborda 5 formas para que a sua empresa desenvolva uma cultura mais diversa:

  1. O primeiro passo é ser transparente e humilde: “Na minha empresa tem espaço para falar sobre diversidade? É uma empresa inclusiva?”. É importante entender o porquê o tema é relevante para a organização. É necessário que os valores e o propósito da empresa estejam conectados.
  2. Diversidade & Inclusão fazem parte da cultura da organização e ela está inserida em um contexto, numa cultura local. Por isso é importante compreender o clima interno e quem são as pessoas que compõem a sua organização. A Nohs Somos e a Pulses podem te ajudar, gratuitamente, através de uma pesquisa de pulso de Diversidade & Inclusão. Com ela você terá dados que te mostram a realidade atual da sua empresa, e que te auxiliarão no próximo item.
  3. A partir da análise interna da sua organização, o passo agora é montar um planejamento anual para agir. Na Nohs Somos, quando montamos um Plano de Ação de D&I para as organizações, nos baseamos na análise do contexto atual com os dados coletados, determinamos os indicadores para acompanhamento e então planejamos as ações.
  4. Diversidade & Inclusão é um movimento top-down. Então, é preciso que as lideranças estejam alinhadas a temática, mas também é um movimento bottom-up, pois para atingir a segurança psicológica é necessário que todas as pessoas estejam sensibilizadas com o tema, por isso é imprescindível investir em educação corporativa, tanto para lideranças como para colaboradores.
  5. Está tudo bem não saber como agir e como implementar ações de D&I. Por isso é importante buscar por consultorias especializadas em soluções em diversidade e que podem auxiliar sua organização a construir cada vez mais uma excelente marca empregadora, aprimorando a gestão inclusiva. Lembre-se de focar nas pessoas, já sabemos que D&I é necessária, agora devemos buscar cada vez mais por práticas e ações eficazes.
você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais