Especialista dá 4 dicas para evitar negociações ruins

Você, gestor de central de negócios, vendedor, fornecedor, tem sucesso durante as negociações? Saber negociar é uma habilidade muito importante para que o processo de vendas seja bem-sucedido, caso contrário, pode frear o desempenho da empresa.

Lidar com parceiros, clientes e fornecedores faz parte da rotina de qualquer gestor, as estratégias de negociação podem ser aprimoradas e são o diferencial para alcançar bons resultados para a rede ou loja.

Nas centrais de negócios, grupos de empresários que se unem para ganhar escala nas compras obtendo melhores preços e vantagens competitivas, as negociações fazem parte do cotidiano dos gestores.

Esse modelo associativo pode proporcionar melhor negociação entre fornecedores com melhoria no preço de compra de mercadorias, construção de uma marca própria, acesso a novos mercados, treinamento de colaboradores, concentração de informações, troca de experiências, entre outras vantagens.

Jonatan da Costa, CEO da Área Central, empresa especialista em tecnologia para gestão de centrais de negócios, compartilha dicas para ter negociações mais assertivas, confira: 

1. Tenha um histórico das negociações: para realizar bons acordos é importante ter um registro de tudo que já foi negociado. Assim o gestor poderá analisar o fornecedor, quais preços já foram oferecidos e quais os resultados obtidos. 

2.  Entenda o momento certo para fazer concessões: na hora de negociar é comum fazer concessões. Elas servem como poder de troca para a central. Para realizar concessões é preciso estar muito seguro sobre seus limites e possibilidades, para não prejudicar a organização. Avalie as condições da negociação e aplique suas estratégias no momento certo.

3. Pesquise antes de negociar com um novo fornecedor: é comum realizar negociações ruins por não estar bem informado sobre um novo fornecedor. Sempre busque informações relevantes sobre quem irá negociar com você. Procure conhecer a empresa e pesquise referências.

4. Trace uma estratégia: antes de ir para a reunião, defina as estratégias do acordo, com base nos objetivos da organização. Se preparar com antecedência diminui a insegurança e o nervosismo, além de gerar uma visão mais clara do que você pode ceder e o que propor em troca.

Como saber se a negociação foi boa?

Ele comenta que, para saber se uma negociação foi boa, pode-se comparar a atual com as anteriores que foram bem-sucedidas:

“Além disso, também é possível avaliar se os interesses de ambas as partes foram satisfeitos, analisar se o acordo firmado trará oportunidades de crescimento para a central de negócios e verificar se as condições do acordo estão claras”. 

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais