Valor em crédito do BRDE para os setores de comércio e serviços cresce 120% em SC

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) registrou no ano passado um aumento de 120% no valor dos contratos com o setor de comércio e serviços em Santa Catarina.

Ao todo, os recursos disponibilizados pelo banco chegaram a R$ 255 milhões.

O crescimento ocorreu, principalmente, por conta do Recupera Sul, programa desenvolvido pelo banco para oferecer capital de giro e possibilitar que as empresas pudessem se manter durante a crise causada pela pandemia, além de permitir a contratação de mais mão de obra, abertura de novos empregos e geração de renda.

“O valor mostra que estivemos juntos com os empresários no momento mais crítico de enfrentamento desta crise, contribuindo para manutenção dos negócios e na preservação dos empregos”, ressalta o diretor financeiro do BRDE, Marcelo Haendchen Dutra.

Dono de um negócio no ramo de vestuário, o empresário Wesley Silva, da cidade de Joinville, destaca que a liberação de R$ 83 mil em menos de 20 dias ajudou para que a empresa não parasse:

“Dessa forma, consegui manter os empregos e a venda dos produtos nas lojas”.

O Recupera Sul disponibilizou para o estado o valor de R$ 100 milhões de recursos do próprio banco para garantir capital de giro para MEIs, micro, pequenas e médias empresas.

O levantamento prévio mostra que os valores disponibilizados pelo banco chegaram a 127 cidades.

A região que mais firmou contratos foi o Vale do Itajaí, seguido do Oeste e da Grande Florianópolis.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais