Marina de Itajaí é a primeira do Brasil a receber ISO 14.001

Após rigorosa auditoria, a Marina Itajaí se tornou o primeiro centro náutico turístico de atracação de barcos do Brasil a receber a certificação internacional ISO 14.001/2015 relacionado ao sistema de gestão ambiental.

O selo consiste em uma série de processos e práticas para identificar, controlar, administrar e reduzir os impactos ambientais em todas as operações do espaço.

Também padroniza ações para que estejam em conformidade com a política ambiental da empresa, a prevenção à poluição e o apoio ao desenvolvimento socioeconômico da região.

“Além do fortalecimento da cultura náutica, como um dos principais complexos náuticos do Brasil, nossa intenção é continuar crescendo, porém de maneira sólida, gradativa e sustentável. Essa certificação também é um reconhecimento à nossa postura, práticas sustentáveis e preocupação ecológica, tanto em relação à empresa como por seus colaboradores, clientes, fornecedores e a comunidade”, explica Carlos Gayoso de Oliveira, diretor da Marina Itajaí. 

Além de fortalecer as medidas adotadas para controlar e reduzir os impactos ambientais, a padronização proposta pela certificação também promove a melhoria contínua dos processos operacionais. Ainda valida a gestão de política ambiental da marina que é, de acordo com o diretor:

“Capacitar e comprometer os colaboradores com as questões ambientais, além de envolver fornecedores, prestadores de serviços e clientes. Preservar o meio ambiente, identificar, controlar e monitorar os riscos, e promover a melhoria contínua dos processos e das ações com o objetivo de minimizar os impactos ambientais negativos”.

APOIO A EVENTOS E PRESERVAÇÃO AMBIENTAL

Desde o início das suas operações, a Marina Itajaí também foi importante aliada de eventos e projetos relacionados à sustentabilidade.

É o caso do Juntos Pelo Rio, evento organizado pelo município, por meio do Porto e do Semasa, que somente na última edição reuniu 1.200 voluntários e retirou cerca de 9 toneladas de resíduos do Rio Itajaí-Açú.

Em 2019, a marina também foi base para um projeto internacional que combate o impacto dos plásticos nos oceanos. A ação Corona X Parley teve o apoio de 37 voluntários para a retirada de lixo das águas e margens da foz do Rio Itajaí-Açú. Ao menos 8 barcos deram suporte na atividade que durou cerca de três horas e recolheu 790 quilos de resíduos, sendo 90% classificados como de origem plástica.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais