A importância da evolução dos ecossistemas de startups para o desenvolvimento econômico

A inovação é fator fundamental para criar vantagens competitivas sustentáveis e promover o crescimento econômico.

Para que o nível de inovação se mantenha elevado, é importantíssimo que haja condições para o desenvolvimento de startups, ou seja, novas empresas que buscam oferecer soluções à problemas emergentes e necessidades do mercado.

Além disso, criam novas demandas a partir da criação de novos produtos, serviços, processos e modelos de negócios que utilizam diversas tecnologias de forma inovadora.  

O Banco Interamericano de Desenvolvimento acompanha a evolução dos ecossistemas de startups no Brasil para medir seu nível de maturidade e aumentar a compreensão de todos sobre a necessidade de melhorar o ambiente de negócios como um todo. O Brasil tem um potencial gigantesco para crescer, e grande parte dele está nas inovações geradas nas startups. 

Segundo os estudos do BID: “a existência de um ecossistema de startups dinâmico contribui fortemente para sustentar a inovação, traz dinamismo e eficiência à produtividade dos setores industriais, facilita a difusão do conhecimento e gera maiores oportunidades de empregos de qualidade. Por dependerem, quase que exclusivamente, de seu próprio desempenho (de crescimento e conteúdo tecnológico), as startups tendem a oferecer soluções a problemas emergentes, mas também criam demandas mediante o desenvolvimento de novas formas de negócios, muitas vezes para atender a problemas antigos“.

Ecossistemas dinâmicos tem capacidade de gerar um impacto forte e duradouro sobre a economia das cidades e regiões em que se encontra, acelerando, assim, o desenvolvimento econômico, social e humano, além de contribuir para uma sociedade melhor em todas as dimensões. 

Um ecossistema de startups dinâmico se apoia na evolução de sete pilares, sendo: 

CULTURA

Esse movimento que faz com eventos, cursos, capacitações que traz novos assuntos e dissemina conceitos importantes para o desenvolvimento pessoal e a integração das pessoas.

Além disso, histórias inspiradoras e casos de sucesso ajudam a motivar estudantes e profissionais a desenvolver ideias e transformá-las em negócios.

A ação de evangelistas, que incentivam a participação de representantes de empresas, entidades e compartilham conhecimento, a divulgação pela imprensa dos fatos relevantes e novidades do ecossistema e a incorporação de novos modelos mentais mais arrojados que transformam a cultura local, gerando mudanças de atitudes que revolucionam o desenvolvimento do ecossistema. 

DENSIDADE

Um ecossistema começa quando se cria a segunda startup em uma cidade. Com o aumento do número de startups de uma região, mais e mais pessoas se envolvem no processo de integração e troca de experiências.

Isso incentiva o surgimento de estruturas de suporte como coworkings, centros de inovação, grupos de conhecimento e formação.

Universidades e entidades podem ter papel fundamental no processo de ativação para o aumento da densidade. 

AMBIENTE REGULATÓRIO

É preciso terceiras claras e incentivos para a abertura e o funcionamento de empresas que vão funcionar nesse ambiente incerto para resolver problemas complexos.

Programas governamentais de incentivo e novas leis que deem mais condições para o desenvolvimento de novos negócios pode-se facilitar muito a evolução do ecossistema como um todo. 

TALENTOS

No limite, estamos sempre falando de pessoas. Elas precisam estar motivadas, engajadas, capacitadas e em um processo de constante evolução pessoal e profissional para manter o ecossistema ativo.

A formação especializada de estudantes nas áreas é super importante e fundamental ter ações para atrair e reter os profissionais especializados na região.

Isso vai muito além da capacidade de treinamento, e inclui até a infraestrutura de lazer e cultura da cidade, para atender as demandas de um público cada vez mais criterioso. 

ACESSO AO MERCADO

Um fator crítico para o sucesso das startups é a capacidade de aumentar sua abrangência e sua velocidade de crescimento.

O relacionamento com empresas já estabelecidas é muito importante para acelerar e potencializar o crescimento das startups, com acesso a clientes corporativos, parcerias com grandes empresas, e contato com players que já têm redes de distribuição consolidadas, por exemplo.

Essa integração entre empresas e startups é vantajosa para todos e pode gerar uma explosão de novos negócios.

CAPITAL

Outra necessidade é ter capital para financiar o crescimento das startups na fase inicial e para sustentar seu crescimento nas fases de tração e escala.

Acesso a linha de crédito, investidores-anjo, incubação com transferência de conhecimento, aceleração com capacitação de alto nível e investimentos em todas as etapas do desenvolvimento das startups é muito importante para aumentar as chances de sucesso de cada uma delas, e criar mais movimento no ecossistema. 

DIVERSIDADE E IMPACTO 

Esse é um fator fundamental que tem que fazer parte de cada ação do ecossistema, ainda mais em um país tão desigual como o nosso. A inovação é abafada pela uniformidade.

Um ecossistema inovador precisa de diversidade de ideias, repertórios, origens e conceitos, precisa ser inclusivo e fomentar a interação para aumentar seu impacto econômico, social e humano.

É assim que a associação de ideias acontece e desenvolvem soluções realmente inovadoras que vão ter alto impacto. Milhares de exemplos pelo mundo de startups de sucesso sustentam essa realidade: diversificar para inovar. 

Eu acredito que temos todas as peças no lugar para desenvolver ainda mais o nosso ecossistema de inovação e acelerar o crescimento das startups do Brasil e, especialmente, em Santa Catarina.

O estado tem se destacado no mercado nacional com grandes casos de sucesso de startups. Mas ainda estamos só no começo.

Temos que ter novos ecossistemas surgindo em regiões interioranas, adequados à realidade local e potencializando os pontos fortes da cidade e os segmentos de atuação com maior potencial. 

A integração regional também é uma necessidade. Devemos consolidar os ecossistemas do Vale do Itajaí, do Sul, Norte e Oeste do estado, e integrar ainda mais a Grande Florianópolis.

Sempre mantendo as características de cada cidade e região para evoluir para um ecossistema estadual ainda mais forte para transformar Santa Catarina em um hub global de inovação. 

Estamos na iminência de um grande salto quantitativo e qualitativo para a integração dos atores e o crescimento das startups em Santa Catarina.

Os centros de inovação, as associações empresariais, as universidades, as entidades de fomento, o sistema s e todos os demais atores têm papel fundamental para gerar a convergência e a massa crítica necessária para esse grande movimento. Vamos juntos construir esse futuro?

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. EntendiSaiba mais