LinkedIn divulga o Top Voices 2020: Influencers Brasil

A redação do LinkedIn Notícias lança hoje a sua quarta lista anual Top Voices, que destaca os 25 profissionais brasileiros que estão iniciando conversas relevantes na plataforma.

Para criar a lista, foram reunidos diversos fatores qualitativos e quantitativos, incluindo engajamento (reações, comentários e compartilhamentos dos conteúdos de cada usuário), frequência de publicação e crescimento no número de seguidores.

Confira a lista das #LinkedInTopVoices deste ano no Brasil:

1º lugar - Ricardo Amorim

Compartilha análises sobre a economia brasileira, pontos de vista sobre as principais notícias, além de histórias inspiradoras sobre superação e inovação. Este ano, ele superou os 2 milhões de seguidores, solidificando sua marca como o influencer mais popular no Brasil.

2º lugar - Luiza Helena Trajano

Fala sobre o dia a dia de seu trabalho na varejista Magazine Luiza e no grupo Mulheres do Brasil, uma organização que defende a igualdade de oportunidades entre gêneros e raças no Brasil. Ao longo do ano, procurou compartilhar conteúdos que diziam respeito aos assuntos que estavam em discussão em cada fase da pandemia, como quando instou por uma união nacional contra a Covid-19 ou quando contribuiu para um movimento de apoio aos pequenos comércios de bairro.

3º Lugar - Sofia Esteves

A inspiração para seus conteúdos vem da vivência diária com o mundo corporativo, compartilhando pesquisas e insights que explicam os anseios de carreira desde os jovens até a alta liderança. Sua atuação em conselhos de grandes empresas também dá subsídios para entender os maiores desafios enfrentados pelas organizações em um mundo em constante mudança. Em 2021, terá um olhar especial para os temas de saúde mental corporativa, novas estruturas organizacionais e modelos de gestão de pessoas.

Acompanhe o Economia SC no Linkedin

4º lugar - Ma Gehringer

dia a dia pitoresco da vida corporativa é o principal mote de suas publicações. Muitas de suas histórias são autorais, experiências que viveu ou que lhe foi relatado ao longo de sua carreira dentro de empresas e fora delas como escritorEle também usa o LinkedIn para identificar tendências do mercado de trabalho e depoimentos da vida profissional.

5º lugar - Guilherme Benchimol

O executivo usou o LinkedIn este ano para compartilhar novidades da XP, como o anúncio de uma nova sede no interior de São Paulo e também o lançamento do cartão de crédito da empresa. Seu artigo mais comentado do ano foi aquele em que deu uma resposta a uma propaganda do Itaú que criticava o comissionamento dos assessores financeiros. 

6º lugar - Camila Farani

O que direciona os conteúdos dela são as necessidades dos empreendedores e dos intraempreendedores, oferecendo visões analíticas sobre temas que podem potencializar o aprendizado e impactar realmente os negócios no dia a dia. Entre esses assuntos estão inovação, tendências de consumo e elementos que permitam o crescimento estruturado das empresas, como a metodologia ágil e liderança adaptável.

Acompanhe o Economia SC no Linkedin

7º lugar - Edu Lyra

Inovação social, urbanismo social, dados e tecnologia para interromper o ciclo de pobreza nas favelas são os assuntos presentes no feed dele, que deve seguir acompanhando de perto esses temas em 2021. Segundo ele, a inspiração para seus posts vem de sua jornada como empreendedor, dos erros e acertos que teve até agora. O LinkedIn também tem sido uma ferramenta importante para recrutar talentos para a Gerando Falcões, que completou 7 anos em 2020, além de ser a ponte para parcerias estratégicas com empresas.

8º lugar - Fiamma Zarife

Ela conta que, além das plataformas digitais, é influenciada por livros, séries, podcasts e conversas com amigos na hora de produzir conteúdo. Ao longo do ano, ela também compartilhou discussões sobre o mercado de publicidade e sobre governança corporativa. 

9º lugar - Marco Gomes

A justiça social é o principal tema dele, que compartilha de vagas exclusivas para profissionais negros, como quando destacou o programa de trainee do Magazine Luiza, traz dados sobre desigualdade no Brasil e abre seu feed para histórias de protagonismo negro.

10º lugar - Bia Granja

Ela lança luz ao mercado de influenciadores digitais e criativos. Ao longo deste ano, ela também compartilhou posts sobre os desafios do home office e também sobre como organizar um evento 100% digital para 3 mil pessoas.

Acompanhe o Economia SC no Linkedin


Com informações de Rafael Kato, editor-chefe para América Latina e Espanha no LinkedIn Notícias.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais