Receita líquida da Irani cresce 9,4% no 3° trimestre

A Irani Papel e Embalagem, uma das principais indústrias brasileiras dos segmentos de papel para embalagens e embalagem de papelão ondulado, obteve crescimento de 9,4% da receita líquida no terceiro trimestre deste ano comparado com o resultado do ano passado e de 8,5% em relação ao segundo trimestre deste ano.

O aumento se dá, principalmente, em função do aumento do volume de vendas do segmento Embalagem de Papelão Ondulado, além da alta de preços médios no período, aliados à valorização do dólar e do euro em relação ao real nas vendas para o mercado externo.

A empresa, com matriz no Rio Grande do Sul, atua em Santa Catarina através de unidades de negócios nas cidades de Vargem Bonita e Joaçaba.

O volume de vendas do segmento Embalagem de Papelão Ondulado aumentou 12,7% na comparação com o mesmo período do ano passado e aumentou 30,1% quando comparado ao segundo trimestre deste ano, totalizando 43,2 mil toneladas.

Já o segmento de Papel para Embalagens totalizou 31,9 mil toneladas, registrando estabilidade quando comparado ao mesmo período do ano passado e redução de 14,9% em relação ao trimestre anterior.

A redução se deve principalmente devido a uma maior utilização do papel para embalagens na produção de embalagens de papelão ondulado, reduzindo assim a disponibilidade de papeis para venda.

O lucro bruto do trimestre apresentou aumento de 6,9% em comparação ao ano passado e redução de 1,4% quando comparado ao segundo trimestre deste ano.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais