Crise faz Gympass Plus oferecer crédito para academias com solução de uma startup de Florianópolis

Primeiro fechadas e depois esvaziadas pela pandemia, as academias precisaram se reinventar e se adaptar à nova realidade.

Com 25 mil academias parceiras, o Gympass Plus, marketplace exclusivo para parceiros do Gympass encontrou na crise uma forma de apoiar o segmento: passou a oferecer crédito por meio de uma plataforma desenvolvida pela fintech Flow Finance, de Florianópolis.

“Nós integramos a solução completa para que o Gympass Plus ofertasse crédito de maneira descomplicada para as academias”, explica André Fellin, CEO da startup.

Mais de R$ 15 milhões já foram solicitados por academias de todo o país, que estão utilizando o capital de giro para honrar pagamentos e também para investir em novos equipamentos ou adequações impostas pelas pandemia.

Por meio de uma API, a startup possibilita que qualquer negócio ofereça crédito para seus clientes, parceiros ou colaboradores.

“Nós automatizamos todo o ciclo de oferta de crédito. Agregamos tudo em uma solução completa com onboarding, algoritmos parametrizáveis de política de crédito, emissão de dívida (CCB) e cobrança em apenas uma simples integração,” destaca André.

Ainda no segmento de saúde, estão desenvolvendo soluções para parceiros do setor, como clínicas e farmácias.

“Estamos expandindo a nossa atuação para diversos outros segmentos como o do varejo eletrônico e também o de fintechs que queiram não só a emissão de CCB como todo o resto da esteira de crédito pronta pra rodar”, completa.  

Foi após um investimento anjo que a Flow Finance nasceu, em 2019. No primeiro semestre deste ano, foi selecionada no programa de aceleração da Darwin Startups, eleita a melhor aceleradora pelo Startup Awards 2020, e segue expandindo e aperfeiçoando suas soluções.

“Agora com a Darwin temos acesso a parceiros de peso no mercado financeiro como B3, Transunion, Grupo J.Safra, RTM e outros. Isso é sinal de que estamos no caminho certo e permitirá que continuemos impulsionando nossos negócios”, conclui o empresário.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais