iBotz apresenta soluções para mercado internacional de investimentos

De uma solução interna de uma empresa financeira a virar de fato uma fintech foram mais de 10 anos. Liderada por André Silveira, Ariel Kernkraut e Tiago Nascimento, a iBotz apresenta soluções personalizadas para facilitar a gestão e integrar informações e dados de empresas do mercado financeiro.

A iniciativa que nasceu em 2006 na área operacional da Kondor Invest, cresceu e virou uma plataforma que deu escalabilidade, organização e velocidade na criação de automações.

O foco da fintech são as operações offshore, já que em termos de investimentos internacionais ainda há complexidade para unificar, padronizar e integrar dados e informações.

“Com a recente queda dos juros no Brasil, há uma busca maior por ativos estrangeiros. Nesse contexto, nosso objetivo é ajudar as instituições financeiras a lidar com a complexidade decorrente da internacionalização das suas operações”, explica André Silveira.

Hoje a iBotz atua em duas frentes: uma de consultoria, e outra de produtos, que é o carro chefe da empresa.

Em termos de produtos, o primeiro a ser lançado foi o iBotz Trades,  plataforma que gerencia e concilia de forma online os negócios realizados em qualquer mercado, seja local ou internacional.

A solução foi criada em parceria com a Kapitalo Investimentos, gestora brasileira com atuação global e mais de R$ 20 bilhões sob gestão. 

Yuri Araki, head da Área de Operações da Kapitalo, pontua os benefícios do produto:

“Com a plataforma de conciliação ganhamos agilidade no batimento das operações bem como aumento de segurança com diminuição de erros operacionais. A plataforma além de intuitiva, permite facilmente identificar possíveis divergências nas boletas”.

Outro parceiro da iBotz é a Sinqia, gigante do setor de tecnologia para o mercado financeiro, para a qual estão trabalhando tanto em uma frente de desenvolvimento de novos produtos quanto na construção de uma parceria comercial para distribuição de produtos já existentes.

“Nossos projetos com a Sinqia começaram recentemente, após sermos selecionados no programa de aceleração da catarinense Darwin Startups no primeiro semestre deste ano”, lembra André.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais