Economia SC lança terceira edição da revista digital gratuita com conteúdos exclusivos

Estamos passando por diversas transformações tecnológicas nos últimos anos. Diariamente estamos conectados, tentando acompanhar o que acontece em nosso ciclo social e no mundo todo. Há 20 anos, nem imaginávamos ligar para alguém por videochamada. Hoje, é uma das formas de nos aproximarmos de parentes e até mesmo fazer negócios. No entanto, o “lado B” da tecnologia é que nos distancia fisicamente e torna nossa empatia cada vez mais neutra. 

Antes, costumávamos visitar nossos familiares e amigos para comemorar o aniversário, hoje marcamos uns aos outros nas redes sociais, com fotos e votos em que todos veem. E quando visitamos uns aos outros, é praticamente impossível passar algumas horinhas sem dar uma olhada nas notificações. 

Precisamos estar atentos ao passo que nos distanciamos de pessoas que admiramos e gostamos. Alguns trabalham com redes sociais, outros apenas se distraem por um vício inconsciente e forjado por algoritmos que querem nos manter pelo maior tempo possível, rolando o feed quase que infinitamente.

Os prós e contras disso tudo são intermináveis, mas é evidente que, do momento de acordar até o momento de ir dormir, nossas relações sofrem interferências que distanciam até mesmo quem mora no mesmo espaço.

O dilema das redes, documentário da Netflix, é só a ponta do iceberg de como as redes sociais podem destruir, aos poucos, nossa convivência com o mundo e com nós mesmos.

Esse e outros assuntos você confere na terceira edição da revista digital. Espero que gostem!

Acesse a segunda edição da revista digital gratuita com conteúdos exclusivos clicando aqui.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais