Quem são as seis startups de SC mais promissoras do país na lista do 100 Startups to Watch

Seis startups de Santa Catarina estão na lista das empresas mais promissoras do ecossistema de tecnologia do Brasil, segundo o ranking 100 Startups to Watch, divulgada pelas revistas Pequenas Empresas & Grandes Negócios e Época Negócios.

Entre as características analisadas estão: inovação, números de crescimento, maturidade da solução e potencial de mercado, servindo como termômetro para possíveis novos investidores e parceiros comerciais.

“Temos seis startups catarinenses nesta lista, e todas associadas da Associação Catarinense de Tecnologia (Acate). Isso reforça a importância de um ecossistema unido e estruturado como ferramenta de apoio para o crescimento das empresas. Além disso, é possível perceber a diversidade de negócios que temos no estado”, destaca Iomani Engelmann, presidente da entidade.

As empresas catarinenses conquistaram posições na lista nas áreas de agronegócio (Jetbov), finanças (Asaas), marketing (Exact Sales), saúde e bem-estar (EpHealth) e tecnologia da inovação (Kiper e Geekhunter).

INOVAÇÃO NA SAÚDE

Única catarinense a marcar presença em todas as edições do ranking, a EpHeatlh desenvolveu uma plataforma que facilita o trabalho de agentes comunitários de saúde do Brasil. Fundada em 2015, a healthtech lançou uma nova funcionalidade de alerta aos profissionais de saúde logo no início da pandemia.

Em um primeiro momento, o aplicativo dos agentes tornou possível reportar informações sobre casos confirmados, suspeitos e descartados de coronavírus aos enfermeiros e médicos.

Hoje, o sistema já possui uma ficha mais completa, com a opção de registrar assintomáticos respiratórios e inserir todos os sintomas do paciente.

Mais de 250 mil notificações foram emitidas por essa nova ficha. Além disso, 51 prefeituras clientes, distribuídas por 10 estados, passaram a ter seus relatórios digitalizados, podendo visualizar tudo por meio de  um dashboard que contém informações como sexo, idade e condição de saúde pré-existente dos pacientes assintomáticos respiratórios.

“Nossa equipe ficou super motivada de estar novamente no ranking, e isso mostra a consistência do nosso trabalho, que não é algo de curto prazo. Com a pandemia vimos ainda mais a importância das prefeituras terem meios para análise e gestão de dados. Além disso é um grande reconhecimento para todo o ecossistema que a gente atua. Isso nos traz visibilidade com o governo, investidores, parceiros”, conta Pedro Marton Pereira, CEO  da empresa.

INCLUSÃO NO SETOR FINANCEIRO

Para o CEO do Asaas, Piero Contezini, estar na lista é um reconhecimento ao investimento da empresa em inovação. O Asaas é uma conta digital para empreendedores. No último ano, a fintech lançou uma série de produtos voltados a autônomos, micro e pequenas empresas, e para 2020, incluirá nos serviços uma plataforma de compras e vendas gratuita para clientes, o Mercado Asaas, que competirá de frente com sites como o Mercado Livre.

Além disso, a conta disponibilizará cartão de crédito pós-pago, suporte para pagamentos instantâneos (PIX) e um número de conta bancária para clientes.

“Num mercado instável, percebemos o quanto nossa plataforma tem contribuído para o crescimento de empreendedores, alguns deles desbancarizados e sem acesso ao serviço financeiro. Estamos cada vez mais em busca de nos tornarmos uma solução completa de transformação digital que reduza os custos dos clientes e seja uma ferramenta para que ele possa crescer cada vez mais”, explica o empresário.

SEGURANÇA PARA CONDOMÍNIOS

A Kiper, que cria de ponta a ponta soluções de hardware e software para condomínios, está na lista na categoria tecnologia de inovação. Além da portaria remota, desenvolveu outras linhas de produto, como armários inteligentes para recebimento de encomendas e até solução para assembleia virtual, lançada nos últimos meses e que foi disponibilizada gratuitamente para atender condomínios impactados pelas restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus.

“A Kiper sempre se preocupou em inovar e trazer a tecnologia para o dia a dia das pessoas, sendo desde 2014 referência em segurança remota para condomínios e melhoria da experiência dos moradores. Ficamos muito felizes com mais este reconhecimento do mercado”, reforça Fábio Beal, CEO da empresa. 

VISÃO ESTRATÉGICA NA AQUISIÇÃO DE CLIENTES

Fundada em 2015 pelos empreendedores Théo Orosco e Felipe Roman, a Exact Sales desenvolve plataforma tecnológica de aceleração comercial e é referência em marketing.

Seu software, o Exact Spotter, é utilizado na segmentação e qualificação de clientes potenciais, uma atividade de sales engagement.

Adotado por mais de 2 mil empresas, seus clientes são negócios de todos os portes no país, como SAP, BASF, Philips e Thomson Reuters.

Em 2020,  a empresa lançou a comunicação com Whatsapp, a telefonia própria e o Searching, Crawler que faz a mineração de dados da internet para trazer informações de empresas e gerar leads. 

“O grande diferencial hoje é o trabalho com estruturação de dados através da prospecção. Nós entramos com uma linha de growth hacking: enquanto as empresas estão conversando com o mercado, dados são coletados para interpretar a possibilidade de uma venda e já triar quem faz sentido ou não para o vendedor, o que garante o aumento da taxa de conversão de vendas e otimização do processo comercial.  Com essa estratégia, também é possível entender a movimentação do mercado como um todo e retroalimentar os times de Desenvolvimento de Produto e/ou Marketing com bons insights para que eles consigam se adaptar e ter uma eficiência melhor”, explica o empreendedor.

GESTÃO DA PECUÁRIA

A JetBov desenvolveu uma plataforma para gestão de pequenas e médias fazendas de pecuária de corte. Xisto Alves, fundador da Jetbov, identificou uma oportunidade de negócio ao perceber a falta de tecnologia para gestão e controle das propriedades. Atualmente, a startup atende mais de 900 clientes espalhados em todos os estados do Brasil e iniciou sua expansão internacional com clientes no Paraguai, Bolívia, Angola e Moçambique

“É um reconhecimento importante pelo momento que estamos vivendo de pandemia. A seleção é bastante criteriosa, foram mais de 1.900 empresas avaliadas e sermos escolhidos entre as nove do setor de agro demonstra para nós que estamos no caminho certo e começamos a ser reconhecidos por isso”, ressalta

TECNOLOGIA PARA RECRUTAMENTO

Tomas Ferrari, CEO da Geekhunter, afirma que estar na lista representa uma marca de credibilidade assinada pelo mercado e que contribui fortemente no avanço do objetivo da empresa de se consolidar como a principal plataforma para contratação dos melhores talentos de TI, conectando desenvolvedores às empresas mais desejadas do mercado.

“A conquista desse reconhecimento está intimamente ligada ao nosso incansável trabalho em construir uma equipe de ‘A-Players’ que se mantêm sempre conectados com o nosso propósito”, destaca o empresário.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais