Programa torna Florianópolis a cidade mais rápida para abertura de empresas do país

O lançamento do Floripa Simples, serviço digital que otimiza o tempo de abertura de empresas em Florianópolis, resultado de uma parceria entre o Sebrae/SC, por meio do Programa Cidade Empreendedora, a Prefeitura de Florianópolis e a Junta Comercial de Santa Catarina (Jucesc) foi nesta quinta-feira, às 14h30, em encontro virtual.

A partir de hoje, a capital de Santa Catarina se torna a cidade com o processo de abertura de empresa mais rápido do país.

Todas as etapas passam a ser digitais, desde a consulta de viabilidade até a liberação do alvará de licença, seja para loja física ou on-line, que podem ser feitas pelo contador responsável ou pelo próprio empreendedor.

Antes, precisava fazer um processo em cada órgão: Jucesc, prefeitura, Bombeiros e órgãos ambientais.

Agora, essa medida integra e  otimiza o tempo de abertura da empresa na categoria baixo risco para até quatro horas, pronta para operar e emitir nota fiscal.

A consultora do Sebrae/SC, Sueli Lira, abriu o evento explicando a parte técnica da ferramenta, que é 100% digital, integrada, rápida e sem custos, o que torna o ambiente de negócios muito mais atraente para o empreendedor.

Ela também explicou que o processo para formalização da empresa ficará concentrado em um só lugar:

“A partir de hoje, esse processo é um só, na Junta Comercial de Santa Catarina, que está integrada com todos os outros órgãos envolvidos para a abertura da empresa”.

Outra novidade é que agora o alvará passa a ser definitivo e emitido em até 4 quatro horas.

Já na consulta de viabilidade, o empreendedor pagava o valor de R$ 8,00 e recebia o resultado da pesquisa entre 10 e 15 dias, o que será reduzido para menos de uma hora e totalmente gratuito.

O diretor superintendente do Sebrae/SC, Carlos Henrique Ramos Fonseca, destacou a importância de todos os envolvidos para o sucesso do projeto e da desburocratização para fomentar o empreendedorismo e promover o desenvolvimento econômico em Florianópolis:

“A partir de hoje, o morador de Florianópolis ganha um incentivo a mais para empreender. Menos burocracia, mais produtividade. O Floripa Simples é uma prova de que é possível promover um ambiente de negócios mais favorável, que facilite para o empreendedor e contribua para a geração de emprego e renda”.

Já o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, declarou que essa é uma conquista histórica para a cidade e que a expectativa é de que Florianópolis seja totalmente digital.

Para o prefeito, embora estejamos passando por um momento de pandemia, também é momento para falar sobre empreendedorismo:

“A retomada não pode ser pensada quando acabar a crise. É possível demonstrar para o empreendedor que deseja investir na retomada da economia que o processo será muito menos burocrático”.

Passo a Passo para o contribuinte

1. O contribuinte ou contador acessa o site do Jucesc clicando aqui e solicita a viabilidade do Regin.

2. Após aprovado, é preenchido no site da Receita Federal o documento que gera o CNPJ, por meio de liberação no site da Jucesc.

3. Deferido o processo na Receita Federal, é preenchido o requerimento eletrônico que Gera o Contrato Social, taxa de Documento de Arrecadação e capa do processo para assinatura do empresário.

4.    Após ter o processo assinado e deferido pela Jucesc, o empresário recebe no e-mail o contrato social registrado, CNPJ, alvará para empresas de baixo risco, cadastro para emissão de Nota Fiscal Eletrônica e taxa de registro na Prefeitura com vencimento em  30 dias.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais