Por que investimento imobiliário pode ser interessante durante a crise?

A crise gerada pela pandemia do coronavírus está fazendo o cenário econômico oscilar. Para investidores, algumas carteiras têm sido menos vantajosas e, mercados que tem um futuro mais previsível é a aposta.

Desde o começo do ano a Taxa Selic (que baliza os juros de cartão de crédito, cheque, financiamentos, ou seja, todas as relações entre uma instituição financeira que empresta dinheiro ao consumidor), caiu e hoje se consolida em 2,25%

Mas, por quais motivos os imóveis devem ser um porto seguro para investidores? Primeiro, porque não sabemos quando terá um vacina para o coronavírus e voltar ao normal. Dessa forma, não sabemos como a economia no geral se desdobrará. 

“Quando estamos em um mercado muito turbulento, como o que estamos vivendo no atual momento, temos que pensar em segurança e é o que exatamente imóveis oferecem”, explica Christian Rocha, COO da Investweb, primeira plataforma de crowdfunding de investimentos em Santa Catarina.

Para ele, nesse cenário de crise e Taxa Selic baixa, o imóvel é a melhor opção: 

“Isso porque guardar dinheiro em poupança ou investir CDB, fundo de renda fixa, as taxas serão próximos a 2,25% ao ano, acompanhando a Selic. Já o mercado imobiliário, que possui uma margem mais vantajosa, a aposta no crescimento populacional e segurança, como mencionado anteriormente, faz com que o movimento desse segmento seja mais previsível”. 

Enquanto investidor, sempre haverá uma renda melhor quando o risco pode ser melhor calculado. Por exemplo, como o investidor imagina que o mercado em que ele investe estará em curto, médio e longo prazo, são pontos que devem ser considerados ao escolher uma carteira para investir. 

Investweb abre segunda oportunidade de captação de recursos para empreendimento em Ituporanga com retorno de 300% do CDI

Após ter sucesso na primeira rodada do Residencial Marquês de La Colina, com total de R$ 851 mil, a Investweb, abriu uma nova oportunidade de captação para o empreendimento localizado em Ituporanga, no Alto Vale do Itajaí. 

O potencial da cidade se deve ao título de Capital Nacional da Cebola, responsável por 12% do abastecimento no Brasil, além de se destacar no cultivo de grãos como soja e milho. 

Com rentabilidade pré-fixada de 300% do CDI e prazo de retorno de 24 meses, o Marquês de La Colina II prevê a construção de 4 casas geminadas, comandada pelo Grupo CR7, em um terreno de 175.300 m².

As casas terão aproximadamente 57m² de área construída e 180 m² de área total de terreno. Com entrada independente, contam com garagem individual, sala de estar, cozinha, área de serviço, dois quartos, um banheiro e espaço para aproveitamento na frente do imóvel. 

Dessa vez, a captação será de R$ 300.000,00, recurso que será utilizado exclusivamente para a construção das casas. 

Quer investir no Marquês de La Colina II? Acesse o site clicando aqui ou faça contato por e-mail contato@investweb.co ou Whatsapp (47) 99923-1288.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. EntendiSaiba mais