Ciclone em SC: prefeituras devem fazer o cadastro para liberação do FGTS

O Governo do Estado, por meio da Defesa Civil de Santa Catarina, atua para agilizar o acesso dos atingidos pelo ciclone ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Mas, para que o processo seja concluído, é necessário que as prefeituras preencham o Formulário de Informação de Desastres (FIDE) do Governo Federal.

Após a conclusão dos trabalhos de cadastro de todas as áreas atingidas, o saque poderá ser feito em até 90 dias, a partir da liberação.

“Para que o FGTS seja colocado à disposição precisamos que as prefeituras agilizem o processo de cadastramento de todos os afetados pelo fenômeno”, comentou o Chefe da DCSC, João Batista Cordeiro Jr.

Ele destaca que apenas os moradores comprovadamente afetados terão direito ao saque.

APOIO TÉCNICO

Para dar suporte às cidades e agilizar a solicitação de recursos federais para as ações de reconstrução, o Ministério do Desenvolvimento Regional, por meio da Secretaria de Defesa Civil Nacional, disponibilizou um canal de comunicação virtual.

O objetivo é estreitar o contato entre os servidores dos municípios atingidos pelo ciclone e os técnicos que farão a análise das solicitações.

No espaço é possível esclarecer dúvidas sobre o cadastramento no Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2ID) e adequação dos planos de trabalho.

O funcionamento das salas ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

No caso de uma demanda maior do que a capacidade disponível, será feito agendamento prévio.

Acesse a sala virtual basta através do link clicando aqui.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. EntendiSaiba mais