O que diferencia as marcas líderes de mercado?

Em todos os segmentos de mercado sempre existem marcas que se destacam mais. Elas que saem na frente em todos os sentidos, conseguem chamar mais atenção das pessoas e dominar o mercado. Mas afinal, qual é o segredo? O que faz as pessoas se apaixonarem por marcas e se tornarem embaixadores de produtos e serviços, defendendo com unhas e dentes o que uma empresa oferece? Na verdade, não existe um segredo mas alguns pontos em comum.

Hoje em dia, as marcas líderes são as que conseguem se conectar com a mente e o coração das pessoas e constroem relacionamentos de longo prazo com os consumidores. Para isso, é preciso que a marca tenha um propósito claro e definido.

PROPÓSITO

O propósito é uma afirmação clara do motivo fundamental da marca existir. É uma declaração de intenção de como ela quer influenciar positivamente as pessoas e transformar a realidade e o mercado. Ele mostra também o motivo da marca existir e que diferença ela quer fazer na vida das pessoas.

Uma abordagem ampliada do propósito utilizado por empresas que realmente querem gerar impacto positivo na sociedade, consiste em definir um Propósito Massivo Transformador, ou seja, um grande objetivo de longo prazo e de grande abrangência que a empresa vai perseguir para revolucionar a sua área de atuação. Marcas que lideram com propósito conseguem construir relacionamentos verdadeiros e conquistar lealdade, consistência e relevância ao longo da vida dos seus consumidores.

Mais do que definir o propósito, a marca precisa praticá-lo diariamente com mensagens e ações que geram as percepções das pessoas, produzindo impacto positivo na sociedade como um todo. Todos os stakeholders, ou seja, quem tem contato com a marca (funcionários, parceiros, fornecedores, clientes, consumidores finais, influenciadores), precisam compreender a razão de existência da empresa e conectar-se com seu propósito, contribuindo para sua realização.

PRINCÍPIOS SÃO FUNDAMENTAIS

Para realizar o propósito não adianta fazer qualquer coisa a qualquer custo, é imprescindível que haja parâmetros que guiem a atuação da empresa e orientem as pessoas. Princípios são conceitos dos quais a empresa não abre mão. Eles são a base para a tomada de decisão em todos os sentidos.

É muito comum as marcas terem uma lista de termos que em algum momento da sua história foram definidos. Eles vão além de uma lista de itens, cada um precisa ter um motivo sólido para existir e estar alinhado ao propósito da marca, conceitos e objetivos de marketing.

SONHAR GRANDE CUSTA TANTO QUANTO SONHAR PEQUENO

As grandes marcas de hoje começaram pequenas mas com grandes ambições. O Google começou com a ideia de organizar todos os dados da internet. A Apple começou com a ideia de simplificar a computação para as pessoas comuns. A Havaianas começou com a ideia de calçar todas as pessoas. É preciso ter uma visão de futuro para a marca e para a empresa em que ela se torna uma força positiva de transformação da sociedade. Cada ação realizada deve estar orientada para o norte definido nesse sonho e visão para que a marca sempre evolua na direção certa.

MARCAS FORTES RESISTEM MELHOR ÀS CRISES

Com a pandemia gerada pelo coronavírus, podemos ver várias marcas se destacando, algumas positivamente e outras negativamente. O que diferencia as marcas que se destacam positivamente? A capacidade de entender o zeitgeist (espírito da época) e se adaptar sem perder o foco, ou seja, a compreensão clara do seu papel, buscando atender as pessoas, se tornando próxima, além de informá-las antes de tentar vender a qualquer custo.

E o que destacou negativamente algumas marcas? A ganância exagerada, a vontade de vender sem medir as consequências e a falta de empatia. Nesse tempo complexo em que vivemos, as marcas precisam estar totalmente conectadas com a realidade que as cercam, exercitando a empatia, compreendendo as necessidades, desejos e desafios das pessoas, para poder traçar planos estratégicos, táticos e operacionais e para se adaptar, reinventar, evoluir e contribuir para fazer um mundo melhor para todos.

Essas atitudes positivas geram conexões humanas que fortalecem as marcas e quando a crise passar, as marcas que agirem nesse sentido colherão os frutos do relacionamento construído nos tempos difíceis. É um grande desafio, mas vale muito a pena. E você, como está agindo para transformar sua marca em uma marca líder?

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. EntendiSaiba mais