Fortalecer a integração do ecossistema e capacitar talentos serão prioridades da Acate

Iomani Engelmann, sócio-fundador e atual diretor de marketing e novos negócios da Pixeon, vai assumir a presidência da Associação Catarinense de Tecnologia (Acate) a partir de junho.

A nova gestão chega com o  desafio de renovação e continuidade ao projeto de integração regional do ecossistema, o que se reflete na composição da diretoria e conselho deliberativo com representantes de todas as regiões do estado.

Um dos grandes objetivos da entidade para os próximos anos é atuar em conjunto com os governos municipais, estadual e federal na criação e aprimoramento de políticas públicas para o desenvolvimento do setor, assim como na formação contínua e consistente de profissionais de tecnologia.

O novo presidente conhece muito bem a entidade, isso porque sua empresa, a Pixeon, nasceu dentro da incubadora da instituição, o MIDITEC.

Além disso, ele era vice-presidente de Negócios da associação na última gestão e promete dar continuidade ao trabalho iniciado.

“Temos ciência da importância e relevância que o ecossistema catarinense de tecnologia e inovação ganhou para o país nos últimos anos, sob a liderança e referência da ACATE enquanto entidade. Queremos seguir promovendo com melhoria contínua ações para consolidar este ambiente ainda mais, inclusive com uma visão cada vez mais global”, destaca.

A entidade, de acordo com ele, seguirá sensível ao atual momento econômico e social que o país e o mundo estão vivendo, reforçando suas ações para que a retomada aconteça de forma sustentável e com a tecnologia sendo protagonista da transformação digital de diversos setores.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. EntendiSaiba mais