Com nanotecnologia, empresa desenvolve produto que elimina vírus de roupas e superfícies

Máscaras, jalecos das equipes de saúde, lençóis e qualquer outro tecido ou superfície dentro de um hospital são propagadores em potencial de vírus como SARS-COV-2, causador da Covid-19.

Com o objetivo de impedir a propagação de vírus nestes meios, a TNS, empresa incubada no CELTA, desenvolveu um produto virucida e antimicrobiano comprovadamente eficaz contra vírus envelopados e não-envelopados, com eficácia de até 99,999%.

Especializada em soluções utilizando a nanotecnologia, a empresa desenvolveu o Protec-20 a partir de tecnologia de nanopartícula de prata para eliminar a propagação diferentes vírus em diversos meios.

Os testes foram realizados em laboratório especializado e se basearam na norma ISO 18184, que dispõe sobre antiviral para produtos têxteis.

Em apenas quatro semanas a empresa fez a evolução necessária do produto para conseguir escalonar a produção.

Em duas semanas chegou à marca de 3 toneladas do produto concentrado e hoje a capacidade de produção é de cerca de 1,5 tonelada por dia.

A grande procura pelo produto vem principalmente da indústria têxtil, com cerca de 40% da venda.

Ele pode ser usado na fiação ou no tingimento da roupa e, dependendo do processo, pode perdurar na roupa de 20 até 70 lavagens.

O diretor geral da TNS, Gabriel Nunes, ressalta que o produto não é comercializado diretamente para o público, por “ser um produto concentrado que é utilizado pelas indústrias na fabricação de seus produtos. Por exemplo, no tingimento de uma roupa, é utilizado cerca de 0,15% do Protec-20 na solução total para fazer o procedimento”.

O diretor explica que “o produto proporciona inativação do vírus, além de auxiliar na inibição e replicação de bactérias que podem ser possíveis células hospedeiras para o vírus”.

Clientes da TNS na Austrália, Colômbia e Chile já importaram amostras do Protec-20 para aplicações.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. EntendiSaiba mais