Ação destina lucro de venda de máscaras para Corpo de Bombeiros Voluntários

Jonas do Carmo , proprietário da Beetêxtil, fábrica de roupas para esportes de alta performance em Joinville, percebeu que fabricar máscaras reutilizáveis era a alternativa mais cabível diante da falta das descartáveis no mercado, provocada pela pandemia do coronavírus.

O resultado foi que em 15 dias de quarentena, foram confeccionadas 30 mil unidades e o faturamento foi o dobro de um mês inteiro antes do início da quarentena.

Nesse sentido, o empresário apostou em uma parceria com a Heroyz, uma grife que destina seu lucro para manter as operações do Corpo de Bombeiros Voluntários.

De acordo com o CEO da Heroyz, Eduardo Borba, quando o mercado deu sinais da falta de EPI (Equipamentos de Proteção Individual) e diante da necessidade de alternativas para gerar receita e manter a operação dos voluntários da corporação, veio a ideia das máscaras que tem tudo a ver com o propósito dos bombeiros de proteção à vida:

“Precisávamos de um parceiro que abraçasse a causa. Além disso, mostrar capacidade de envolver a todos, fazendo com que acreditem na ideia e garantam a entrega do que é esperado. Assim todos saem ganhando”.

Em apenas uma semana foi montada uma operação para lançar no mercado um produto seguro de acordo com recomendações das autoridades de saúde.

Outra preocupação era fabricar algo de qualidade e preço justo.

Cada kit com três máscaras reutilizáveis é comercializado por R$ 29,90 e o lucro é destinado a ação dos voluntários no combate ao vírus no estado.

Batizado de HeroMask, a ideia de comercializar apenas direto para o consumidor se mostrou pequena logo no primeiro dia de vendas.

Uma rede de supermercados local encomendou um primeiro lote que se esgotou em apenas 2 horas, fazendo com que novas unidades fossem encomendadas. 

As encomendas chegaram em um ponto que os empresários se viram obrigados a fazerem parcerias com outras empresas do ramo têxtil.

“É um momento de união. Realizei uma parceria com uma fábrica de Blumenau para conseguir honrar a entrega das encomendas que entraram em linha dentro do prazo. Também enxergo esse modo de trabalho como forma de preservar empregos no nosso setor”, explica Jonas.

Quem quiser adquir kits de máscaras para familiares, funcionários ou clientes de empresas, pode acessar o site clicando aqui ou entrar em contato pelo e-mail sou@heroyz.com.br 

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. EntendiSaiba mais