IFC Blumenau empossa nova gestão

O professor Aldelir Fernando Luiz assumiu nesta semana o cargo de diretor-geral do Instituto Federal Catarinense campus Blumenau, com 55% dos votos válidos.

É a primeira vez que ocorre uma eleição na unidade, até então era gerido em caráter pro tempore, pois ainda não possuía cinco anos de efetivo funcionamento.

A equipe que estará à frente das diretorias já foi definida pelo novo gestor.

Assume a Direção de Desenvolvimento de Ensino (DDE) o professor de Biologia Péricles Rocha da Silva.

Na Diretoria de Administração e Planejamento (DAP), permanece o administrador Patric Douglas Griseli.

Além dos cargos de direção, a nova gestão está em processo de nomeação de coordenações de setores.

Para Aldelir, o campus da atualidade é fruto do árduo trabalho e do comprometimento e dedicação dos técnicos, docentes, alunos e familiares:

“A nova gestão assume o compromisso de continuar contribuindo, de forma mais incisiva, para a construção de um ambiente de trabalho cada vez melhor e mais humano, que será alicerçado sobre os valores do respeito e da cooperação entre as pessoas. A gestão será incumbida de realizar novos projetos à luz dos anseios da comunidade e de trabalhar para que o campus seja referência em seu local de abrangência e reafirme cada vez mais sua condição de escola pública, gratuita e de qualidade”.

Sobre o novo diretor-geral: é professor do IFC Blumenau desde 2010. Ele ministra aulas de informática para o ensino médio técnico e para o superior. É graduado em Ciência da Computação pela Associação Catarinense de Ensino (ACE). Tem especialização em Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos, pela UFSC, mestrado em Informática, pela PUCPR, e doutorado em Engenharia de Automação e Sistemas, pela UFSC.  Antes de assumir a direção-geral, havia atuado, no período de 2011 a 2013, na coordenação de ensino e direção de desenvolvimento de ensino. Também foi coordenador do curso superior de tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

Cursos ofertados

  • Cursos técnicos integrados ao Ensino Médio em Informática e Eletromecânica
  • Curso técnico subsequente em Mecânica
  • Cursos superiores de Licenciatura em Pedagogia, Bacharelado em Ciência da Computação e Bacharelado em Engenharia Elétrica
  • Pós-graduação strictu sensu: Mestrado Profissional em Ensino
  • Proeja: Eletricista Industrial
você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência, mas você pode optar por não permitir, se desejar. Entendi Saiba mais